domingo, 8 de novembro de 2009

Estúdio cobra dívida de Michael Jackson


Los Angeles (EUA.), 2 nov (EFE).- Um estúdio de Hollywood processou o fundo fiduciário de Michael Jackson em US$ 736 mil, equivalente a uma suposta dívida contraída pelo artista pelo aluguel de um equipamento de som para a realização de um musical, segundo informou hoje o site "TMZ".

O Audio 4 Vídeo Digital reivindicou essa quantidade por faturas atrasadas nas quais o "rei do pop" assina como intérprete e produtor, algumas delas por períodos que terminavam exatamente no dia em que Michael morreu, 25 de junho.

Antes de seu falecimento, o cantor estava preparando os shows que tinha previsto dar em Londres.

Kenny Ortega, diretor do filme "This is It", feito com as imagens gravadas durante os ensaios para esse shows, assegurou na semana passada que Michael tinha intenção de deixar os palcos para se dedicar integralmente a outros projetos, entre os quais estavam dois filmes musicais, um deles inspirado em seu sucesso "Thriller".

Por sua parte, o diretor musical do tour britânico do rei do pop, Michael Bearden, afirmou que o artista estava preparando um novo disco com faixas originais, que não chegou a terminar.

Fontes do "TMZ" asseguraram que o estúdio Audio 4 Vídeo Digital seria coproprietário dos direitos autorais de gravações feitas por Michael. EFE
Fonte: -http://g1.globo.com-

Nenhum comentário:

Postar um comentário