quarta-feira, 28 de julho de 2010

Fabricantes de rede pagarão mais de US$ 230 mi por quebra de patentes

A empresa norte-americana especializada na gestão de propriedade intelectual Network-1 Security Solutions entrou em acordo na justiça dos Estados Unidos com a Cisco, Enterasys Networks, Extreme Networks, Foundry Networks, 3Com (recentemente adquirida pela HP) e Adtran para encerrar uma disputa de patentes travada com as companhias. Com os entendimentos feitos na justiça, a companhia receberá cerca de US$ 236 milhões.
A Network 1 alegava que as empresas infringiram sua patente de Power-over-Ethernet. O processo estava impetrado na Corte de Justiça do Distrito do Texas, nos Estados Unidos. 
Pelos termos do acordo, Adtran, Cisco, Enterasys, Extreme e Foundry pagarão, cada uma, US$ 32 milhões à Network 1 para terem a licença de uso não exclusiva da patente de Power-over-Ethernet, que expira em março de 2020.
Na negociação, a Cisco concordou ainda em pagar os royalties com base nos seus produtos vendidos de Power-over-Ethernet. Assim, a companhia pagará, a partir de 2011, US$ 8 milhões por ano até 2015 e depois deste período mais US$ 9 milhões por ano até o fim do prazo de vigência da patente, ou seja, março de 2020. Dessa forma, no total a Cisco deverá ter de pagar cerca de US$ 108 milhões à Network 1. Entretanto, a Network-1 frisou que o pagamento refernte aos roaylties estão seujeitos a determinadas condições, incluindo a manutenção da validade da patente, e o valor total pode ser quitado pela Cisco pode ser inferior ao citado. 
A 3Com foi a única empresa a ser absolvida pela justiça no processo judicial sobre a quebra de patente da Network 1.
Fonte: http://www.tiinside.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário