segunda-feira, 21 de junho de 2010

Presidentes de China e Argentina deverão se reunir em julho


A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, deverá embarcar na primeira quinzena de julho, em visita oficial à China.
A mandatária Argentina se reunirá com o presidente chinês, Hu Jintao, a fim de debater parcerias estratégicas entre as nações.
Ambos os países estão passando por um momento de abalo em suas relações comerciais. Em 2009, o governo argentino impôs medidas anti-dumping à importação de produtos chineses, visando a ‘proteção’ de seu mercado interno.
Em resposta às medidas argentinas, a China elevou as exigências sanitárias para a importação do óleo de soja argentino, e mais recentemente, suspendeu as compras do derivado.
O ‘gigante asiático’ é responsável pela importação de 70% do óleo de soja produzido no país latino, e segundo dados oficiais, no ano de 2009 Pequim importou 4,6 milhões de toneladas do produto argentino.
A visita da presidente à China estava agendada desde o mês de janeiro, e acabou por ser desmarcada, em conseqüência de problemas na política interna do país. Após o fracasso nas negociações entre autoridades dos dois países, realizadas no final do mês de maio, visando solucionar os impasses comerciais, é esperado que Kirchner e Jintao cheguem a um consenso.
Fonte: http://complexosoja.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário