quinta-feira, 20 de maio de 2010

EMS é o primeiro laboratório do Brasil a obter licença da Anvisa para produzir a versão genérica do Viagra

A EMS, maior indústria farmacêutica do Brasil, é o primeiro laboratório a obter licença da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para produzir a versão genérica do Viagra, medicamento que terá sua patente expirada no dia 20 de junho. A Anvisa confirmou a informação e disse ao R7 que a licença está liberada deste 3 de maio.

A empresa aguarda o vencimento dessa patente para disponibilizar o produto no mercado. Segundo Waldir Eschberger Júnior, vice-presidente de mercado da
EMS, em declaração por nota, a expectativa da empresa é iniciar essa comercialização já no dia 21 de junho. "Queremos ser o primeiro a chegar às farmácias, pois quem sai na frente sempre acaba liderando as vendas".

O
Viagra é um dos medicamentos mais vendidos no país e movimentou cerca de R$ 170 milhões no ano passado. Em âmbito global, essa quantia chegou a R$ 3,3 bilhões (US$ 1,9 bilhão).

A legislação nacional obriga que os genéricos sejam 35% mais baratos do que os medicamentos de referência, mas no caso do genérico do Viagra, a expectativa do laboratório é que essa porcentagem seja ainda maior.
Fonte: http://noticias.r7.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário