sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Indicações Geográficas de Portugal

A denominação de origem protegida, a indicação geográfica protegida e a especialidade tradicional garantida são utilizadas para valorizar e proteger os produtos alimentares europeus contra imitações indevidas. Para além disso, ajudam os consumidores nas suas escolhas, fornecendo-lhes informações sobre as características específicas desses produtos. O Parlamento Europeu recomenda que o registo seja publicado na Internet e que os símbolos sejam diferenciados por meio de códigos de cores.
A União Europeia concede, através dos regulamentos nº 2081/92 e nº 2082/92, uma protecção especial aos produtores de "especialidades regionais". O regime possibilita aos produtores registarem-se num sistema comunitário de protecção obrigatória de determinados produtos agrícolas e géneros alimentícios com denominação de origem.
A denominação de origem protegida (DOP) significa que a produção, a transformação e a elaboração de um produto numa determinada área geográfica deverão realizar-se de acordo com um procedimento reconhecido e estabelecido. É o caso, por exemplo, do Queijo Serra da Estrela, em Portugal, e do Roquefort, em França.
No caso da indicação geográfica protegida (IGP) há uma ligação entre, pelo menos, uma das fases de produção, a produção, a transformação ou a elaboração e a região de origem, ou pode tratar-se de um produto com uma reputação especial. Os Citrinos do Algarve são exemplo destes produtos.

A especialidade tradicional garantida (ETG), nos termos do regulamento nº 2082/92, não incide na origem geográfica, mas sim na composição tradicional do produto ou num procedimento tradicional de elaboração e/ou transformação. É o caso da Kriek, na Bélgica.
A reputação de que gozam estes produtos entre os consumidores europeus possibilita aos seus produtores um acesso a mercados de preços mais elevados, o que, por seu turno, tem impacto na criação e/ou manutenção de postos de trabalho nas zonas rurais da Europa.

Denominação de Origem Protegida (DOP) / Indicação Geográfica Protegida (IGP)
Portugal
Queijos
Queijo de Azeitão
Queijo de Cabra Transmontano
Queijo de Évora
Queijo de Nisa
Queijo do Pico
Queijo Mestiço de Tolosa
Queijo Rabaçal
Queijo São Jorge
Queijo Serpa
Queijo Serra da Estrela
Queijo Terrincho
Queijos da Beira Baixa (Queijo de Castelo Branco, Queijo Amarelo da Beira Baixa, Queijo Picante da Beira Baixa)
Azeitonas de mesa
Azeitona de conserva Negrinha de Freixo
Produtos à base de carne
Cacholeira branca de Portalegre
Chouriço de Carne de Estremoz e Borba
Chouriço de Portalegre
Chouriço Grosso de Estremoz e Borba
Chouriço Mouro de Portalegre
Chouriça de carne de Vinhais ou Linguiça de Vinhais
Farinheira de Estremoz e Borba
Farinheira de Portalegre

Lombo branco de Portalegre
Lombo enguitado de Portalegre
Linguiça de Portalegre
Morcela de assar de Portalegre
Morcela de cozer de Portalegre
Morcela de Estremoz e Borba
Paia de Lombo de Estremoz e Borba
Paia de Toucinho de Estremoz e Borba
Paio de Estremoz e Borba
Painho de Portalegre
Presunto de Barrancos
Presunto de Barroso
Salpicão de Vinhais
Frutos, hortaliças e cereais
Ameixa d’Elvas
Amêndoa Douro
Ananás dos Açores/São Miguel
Anona da Madeira
Castanha da Terra Fria
Castanha de Marvão - Portalegre
Castanha de Padrela
Castanha dos Soutos da Lapa
Citrinos do Algarve
Cereja da Cova da Beira
Cereja de São Julião - Portalegre
Maçã Bravo de Esmolfe
Maçã da Beira Alta
Maçã da Cova da Beira
Maçã de Alcobaça
Maçã de Portalegre
Maracujá dos Açores/S. Miguel
Pêra Rocha do Oeste
Pêssego da Cova da Beira
Carne fresca (e vísceras)
Borrego da Beira
Borrego de Montemor-o-Novo
Borrego do Baixo Alentejo
Borrego do Nordeste Alentejano
Borrego Serra da Estrela
Borrego Terrincho
Cabrito da Beira
Cabrito da Gralheira
Cabrito das Terras Altas do Minho
Cabrito de Barroso
Cabrito Transmontano
Carnalentejana
Carne Arouquesa
Carne Barrosã
Carne Cachena da Peneda
Carne da Charneca
Carne de Bovino Cruzado dos Lameiros do Barroso
Carne de Porco Alentejano
Carne dos Açores
Carne Marinhoa
Carne Maronesa
Carne Mertolenga
Carne Mirandesa
Cordeiro Bragançano
Vitela de Lafões
Outros produtos de origem animal (ovos, mel, produtos lácteos, à excepção da manteiga, etc.)
Mel da Serra da Lousã
Mel da Serra de Monchique
Mel da Terra Quente
Mel das Terras Altas do Minho
Mel de Barroso
Mel do Alentejo
Mel do Parque de Montezinho
Mel do Ribatejo Norte (Serra D'Aire, Albufeira de Castelo de Bode, Bairro, Alto Nabão)
Mel dos Açores
Requeijão Serra da Estrela
Óleos e gorduras / Azeites
Azeite de Moura
Azeite de Trás-os-Montes
Azeite do Ribatejo
Azeites da Beira Interior (Azeite da Beira Alta, Azeite da Beira Baixa)
Azeites do Norte Alentejano

Fonte: -http://ruralismos.blogspot.com-

Nenhum comentário:

Postar um comentário