terça-feira, 3 de novembro de 2009

Nova ação judicial contra Apple por infringimento de patentes

Logo após o anúncio dos ganhos mais do que esperados da fabricante dos iPhones, começaram a chover os processos judiciais. Primeio foi a Nokia e agora, a St. Clair Intellectual Property Consultants, uma firma sedeada em Michigan, EUA, que já ganhou milhões de dólares em ações judiciais contra companhias eletrônicas como a Sony e Cannon, assinou um processo judicial de infringimento de patentes contra a Apple, no Tribunal distrital de Delaware.
A companhia alega que a Apple violou
4 das suas patentes, intituladas “Câmera de Vídeo Eletrônica com Saida Direta de PC Compatível com o Formato Digital”, “Câmera de Vídeo Eletrônica com Saida Direta de PC Compatível com o Formato Digital” e outra intitulada: “Câmera de Vídeo Eletrônica com Saida Direta de PC Compatível com o Formato Digital” e “Processo para Uso em Câmera Eletrônica”.
O processo alega que a Apple “fabricou, colocou a venda, importou, usou e/ou vendeu” câmeras digitais que “diretamente, indiretamente ou por indução” infringiram as patentes, sem contudo, nomear produtos específicos. O site AppleInsider notou que em muitos casos que a St. Clair ganhou causas, a defesa acabou entrando em acordo de licenciamento com a companhia.

Fonte: -http://www.ibtimes.com.br/articles/-

Nenhum comentário:

Postar um comentário